quarta-feira, 18 de maio de 2011

► O assunto é: A Relação Por Interesse

Vocês conhecem aquela música da Vanusa? "Hoje eu vou mudar..." Certamente que não hahahahahaha. Pois bem, vamos lá. Visitando alguns blogs e refletindo um pouco decidi que vou fazer posts menos fúteis aqui no meu blog, claro que vou continuar postando fotos dos boys, as caricatices, os sets, as baladas... mas tentarei falar de alguns assuntos sérios e questões que entram na esfera da existência humana (uuuiiiiiii hahahaha).
Para começar vou falar de algo que é inerente na minha vida, devido ao meu trabalho: A aproximação e o envolvimento por interesse. Por diversas vezes me questionei se a atenção e o carinho que recebo das pessoas não seria apenas por "interesse", se elas realmente gostavam realmente de mim como pessoa e não como promoter e/ou produtor de festa, olha que já entrei em depressão diversas vezes por causa disso neste quase 12 anos de palhaçada ahahhahahahaahahahahah. 
Outro dia chegou aos meu ouvidos (e isso acontece direto) que fulano só ficou/ficaria comigo por interesse, para garantir o VIP e etc. Juro que eu caí na gargalhada. Acreditem, as pessoas chegam a esse nível de baixeza, mesquinharia, beirando até mesmo o ridículo. Nem precisa ficar comigo para ser VIP nas festas que eu promovo. Basta colocar o nome na lista e entrar no horário determinado, até porque ser VIP em balada  já deixou de ser privilégio há muito tempo. Agora se você quer ter um tratamento diferenciado, aí são outros quinhentos, o meu conceito de VIP vai muito mais além de entrada OO e pulseira pra camarote, mas isto é questão pra outro post.
Então... um amigo meu, que é relativamente novo nesse ramo, (noite), pegou-se questionando sobre o mesmo assunto e veio conversar comigo e saber da minha opinião sobre o mesmo, já que estavam dizendo por aí que determinada pessoa estava com ele apenas "por interesse".
Fui claro, franco e direto na resposta: Ora, meu amigo, e me diga qual relação hoje em dia não tem um fundo de interesse? 
Deixando de lado a parte poética do amor, do namoro, disso daquilo... vamos ser bem sinceros e verdadeiros, a gente só permanece ao lado de uma pessoa se esta nos faz bem, seja pela companhia agradável, pela sexo gostoso, pelo abraço, pelo carinho enfim... ou seja, pelo interesse de ter perto de nós aquilo que nos traz algum bem-estar ( leia bem-estar como beneficio).
Eu mesmo já tive um namorado que disse na minha cara que só namorou comigo porque queria ser "famoso na noite" (oh coitado), mas eu também só estava com ele porque o achava bonito, beijava bem, e tinha um sexo ótimo, ou seja, fazia eu me sentir bem. Não deixou de ser uma relação de interesse para ambas as partes.
Só mantemos uma amizade se ela nos for construtiva e nos agregue alguma coisa, ninguém quer um amigo egoísta que só enxergue o próprio umbigo, e na hora de se doar o sujeito simplesmente vira as costas, negando até mesmo um ouvindo para nos ouvir ou um ombro para chorar. Pois aí está mais um exemplo de relação por interesse.
Que empresa mantém um funcionário que não dê lucro, ou que não faça seu trabalho devidamente? Que funcionário quer trabalhar em uma empresa que não honra com seus pagamentos e direitos? Tah aí mais uma prova de relação por interesse.


Quem me conhece sabe que acredito na incrível lei universal da troca, ou seja, a RECIPROCIDADE, o "dar e receber". Mesmo que muitas vezes eu tenha dado mais do que recebido e outras, mais recebido do que dado, mas aí tudo se equilibrou.
E é claro, na troca mútua, sempre!
Hoje, não devemos ficar nos perdendo em pormenores sentimentais parar julgar tal e qual comportamento nesse sentido. Acredito no amor sim, mas só até a página 20, não percamos o foco nesta questão existencial que pode vir a ter atormentar por muitas e muitas noites solitárias hehehhehehe.
Tenho dó de quem possa vir a se envolver com um promoter, dj, produtor, host ou sei lá o que por interesse, pois tenha certeza que este profissional só vai te dar atenção enquanto for interessante pra ele, pois geralmente que trabalha na noite tem o ego exarcebado e adora confeti. #FikDik

Amor, que seja eterno enquanto houver interesse entra ambas as partes!

então tá! bjo bjo
CLÁUDIO NANTI

8 comentários:

Acir Tolezani disse...

Simplesmente, perfeito, Claudio. Concordo plenamente nas suas palavras, AHAZOU!

Claudio disse...

Brigadoooo Acir, fico feliz ke tenha curtido =P bjaum

Nelson Sheep disse...

Por isso prefiro os animais!

Sei bem do que vc está falando Claudinho, por experiência própria!

Pior do que ter um namorado, que querendo ou não entra e sai de nossas vidas, é ter um "amigo" que faz esse tipo de putaria com a gente.

Triste ser humano..

=/

Peagá disse...

Simplesmente DEMAIS esse post.
As coisas são assim, não apenas na noite gay, mas no mundo todo.
Eu trabalho com produção de eventos, desfiles, peças publicitárias e moda, e CHOVE modelos [masculinos, e até femininos]se jogando aos pés para q vc os leve para determinado evento, ou programa de tv, ou te indique mais para castings.
Só q eles se fodem, pq eu separo MUITO BEM [como todo capricorniano, né Claudio??] o profissional do afetivo.

É isso ae Claudinho \o/

Lésbico disse...

Adorei Nanti!
Falou tudo em poucas palavras!
bjos e bom restinho de semana querido!

Paulo Mamedes - Dândi Moderno disse...

Pois é Claudinho de gente assim a noite/o dia está cheio!

E as amizades por interesse estão cada vez mais rasas, nem precisa ter tanta coisa a oferecer não... rs!

O que me tranquiliza, é que mesmo sabendo que isso não vai acabar nunca é que vc já tá preparado para identificar isso antes que seja tarde demais!!!

Só queria comentar um ponto que o Nelson disse: tenta parar de dar a ração do seu animalzinho... hehehe!

Beijos!

Chirifulfly disse...

Taí um assunto que me aborrece profundamente. Relação por interesse. É o mesmo que vou ser teu amigo, mas não exitarei em te trair caso consiga algo melhor em troca. Uma vez combinei com uns amigos para ir na balada que comemoraria o seu aniversario. Eles falaram "Niver do CLaudio Nanti" e eu "Do Nanti? Trocamos tweets de vez em quando". Bastou eu falar isto para eles citar uma frase absurdamente irritante "Tenta conseguir um VIP". Porrãn! Que mania safada é essa de ficar correndo atras de vip? O que custa pagar a entrada de uma balada, que acima de tudo ajuda com os custos da casa? Cheguei a me sentir ofendido pelo pedido e desde então quando comentam sobre o Claudio Nanti eu falo "Sigo ele no twitter", bem mais simples e melhor colocado. Peguei um carinho especial por você seu talentoso magricela hahaha ALOKA! Aqui fica o meu Abraço =]]

Diogo Vieira Novais disse...

Sei bem o que é, o que é se doar por inteiro e no momento em que você mais precisa de alguém, essa pessoa simplesmente lhe virar as costas e você se vê no mundo sozinho, porém a vida é assim e tudo o que passamos serve apenas como lições que carregamos para toda a vida, quase acabei com tudo e demorou muito para superar isso, mas enfim hoje vejo que não valeria a pena, a vida seguiu e consegui recuperar tudo o que perdi naquela época.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...