segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

► 10 descobertas surpreendentes sobre sexo


01. SEXO NÃO TÊM IDADE:
Mais de 25% de pessoas na terceira idade fazem sexo regularmente – ao contrário do que eles mesmos esperavam quando eram mais novos. Na Nova Zelândia, mais de metade das pessoas com idades entre 75 e 85 anos disse fazer sexo mais de uma vez por mês. E você aí largado na punheta! hahahahahahahahahaha


02. HOMENS FAZEM SEXO POR MAIS TEMPO:
Não é uma questão de duração de cada transa, mas sim de idade. Homens fazem sexo durante mais anos do que as mulheres (e um grande crédito é o da pílula azul). Quando têm 55 anos, homens possuem mais 15 anos de estimativa de vida sexual, enquanto mulheres possuem apenas 10.

03. CULPA POR INFIDELIDADE NÃO DEPENDE DE GÊNERO:
Homens se sentem tão culpados por dormirem com a vizinha quanto mulheres de apelarem para um Ricardão. A diferença é que as mulheres se sentem mais culpadas não pela transa, mas pelo envolvimento emocional, enquanto os caras se sentem mal pelo ato sexual.


04. POR QUE AS MULHERES ESPERAM?
Mulheres que não fazem sexo logo no primeiro encontro estão esperando para ver se encontram um parceiro melhor, geneticamente falando, de acordo com pesquisas. Quando homens esperam é para provar que “aguentam um desafio”.



05. O PRAZER PODE SER PERIGOSO:
Homens com a vida sexual bem ativa na faixa etária de 25 a 35 anos possuem risco maior de desenvolver câncer de próstata – especialmente aqueles que se masturbam frequentemente. Mas o risco diminui de acordo com a idade do sujeito e, quando ele atinge 50 anos, a atividade sexual é recomendada para prevenir esse tipo de câncer. Claro que essa informação não vai fazer o viciosos de plantão fazerem menos sexo, e muito menos fará com que se masturbem menos, mas enfim, não custa avisar! hehehehehe 


06. SEXO E FELICIDADE ANDAM JUNTOS:
Mas isso não é novidade para ninguém. Uma pesquisa comprovou que pessoas sexualmente satisfeitas são mais felizes, independentemente de sua idade. Só que ainda não se sabe se a felicidade torna o sexo melhor ou se o sexo torna uma pessoa mais feliz. Eu acho que são ambas as coisas, portanto, já sabe né? Se vir alguém com um imenso sorriso no rosto é porque deu uma boa trepada na noite anterior! hahahahaha


07. EXTENSORES DE PÊNIS PODEM ATÉ FUNCIONAR:
Você já cansou de receber aqueles e-mails de “aumente seu pênis, pergunte-me como”, mas, de acordo com a Universidade de Turin, alguns tipos de extensores de pênis podem realmente funcionar, mas não do jeito como você imagina. Um extensor que “puxava” o membro gradualmente conseguiu aumentar o membro de algum voluntário da pesquisa cerca de dois centímetros quando não estava ereto, ou seja, não adianta porra nenhuma. O jeito é se contentar com a miséria que Deus lhe Deus! hahahahahahahahahahaha




08. O PONTO G PODE NÃO EXISTIR:
O famoso ponto G, o ponto erógeno máximo que seria localizado em algum lugar misterioso da vagina, pode não existir. Cientistas britânicos entrevistaram 1800 mulheres e chegaram a conclusão que a zona erógena não passa de um mito alimentado por revistas femininas. A conclusão dos britânicos está longe de ser consenso. Outros especialistas afirmam que a pesquisa britânica é falha por não levar em conta o parceiro sexual das irmãs, que provavelmente não era o mesmo. Além disso, outros estudiosos desacreditam os pesquisadores por não terem questionado as preferências de lésbicas e bissexuais, nem analisaram o efeito de diferentes técnicas sexuais.



09. EXCITAÇÃO TEM CHEIRO:
O cheiro do suor de um homem é diferente do normal quando ele está excitado – e, segundo pesquisas, as mulheres conseguem perceber a diferença. Isso não significa que você deva deixar seu corpo ficar com aquele catinga de cebola de molho em alho poró. Higiene é bom, e o parceiro agradece.



10. SEXO PODE SIGNIFICAR ESPIRITUALIDADE E NÃO PECADO:
Mas todo cuidado é necessário. A espiritualidade tem grande efeito na vida sexual das pessoas, especialmente de mulheres – efeito maior do que o álcool ou do que a impulsividade. Um estudo mostrou que pessoas mais espiritualizadas fazem sexo mais vezes e com mais parceiros. Mostrou também que boa parte dessas relações são feitas sem preservativos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...